Achou que sua vida seria para sempre dependente do Wi-Fi?

E se te contássemos que algo ainda melhor seria inventado, você aí, viciado em internet, acreditaria?

Pois temos algo pra te apresentar, o Li-Fi. Uma tecnologia 100 vezes mais rápida que o Wi-Fi e que transmite dados por meio de lâmpadas de LED.

 

 

O princípio do sistema dessa tecnologia é a luz. Lâmpadas de LED piscam em velocidades medidas em nanosegundos – imperceptível aos olhos humanos -, carregando dados, informações e até sinal de internet para smartphones e outros aparelhos.

O inventor dessa maravilha foi o austríaco Harold Haas em 2011. Em laboratório já se tem confirmado a capacidade de transmissão de até 24 GB de informação por segundo – enquanto o wireless convencional faz até 10 MB no mesmo período.

E porque esse assunto veio à tona agora, já que a tecnologia foi inventada a 4 anos e não fez nenhum barulho? Simples, uma empresa na Estônia, chamada Velmenni, afirmou recentemente que conseguiu aplicar uma velocidade de 1GB em escritório – um recorde, já que quem oferece o Li-Fi hoje garante a mesma velocidade do Wi-Fi, os 10 MB.

A inovação ainda precisa de ajustes e há alguns detalhes que a colocam em desvantagem na disputa com o atual dominante do mercado: por ser transmitido por luzes, seu alcance é menor e sim, você precisa manter a luz acessa o tempo todo.